Paramore na Alternative Press de Setembro

Hayley Williams deu uma entrevista para a Alternative Press, além do Paramore outras bandas também deram a entrevista sobre a Fueled By Ramen. Veja uma parte da matéria traduzida pelo ParaMonster Brasil a seguir:

A História da Fueled By Ramen

Em 1996, foi seguro prever que a Fueled By Ramen não seria em torno de cinco anos de uma explosão de um grunge e pop-punk, ela montou a onda de ska-punk depois de ter sido iniciado pelo grupo Less Than Jake, se transformou em uma das marcas mais bem sucedidas no reino do punk contemporâneo, e encorajando as carreiras de cenas fortes como Paramore, Fall Out Boy, Jimmy Eat World, Yellowcard e Panic! At The Disco. Mas, como qualquer história de sucesso, ela teve um trabalho duro e sorte de chegar lá.

1996-1997:

Esqueça o mundo
Como a maioria das gravadoras independentes de sucesso na era pré-iTunes, Fueled By Ramen foi criada a partir de uma simples necessidade de documentar uma comunidade de bandas que não têm os recursos ou meios para obter um registro divulgando sua própria banda. Vinnie Fiorello assumiu o cargo, mede a mudança de estilo de vida necessárias e a FBR nasceu.

Grandes coisas continuaram acontecendo pela Fueled By Ramen. Além de grandes sucessos crescendo, eles mantiveram se deparando com bandas que exigiriam algumas mudanças e exigiriam que eles tomassem algumas decisões grandes e difíceis. Eles também assinaram com alguns jovens do Tennessee conhecidos como Paramore.

Hayley Williams: Nós não éramos uma banda por muito tempo antes de começarem a fazer perguntas a nós e nos fazer jogar showcases e coisas assim. Começamos a trabalhar com uma equipe de gerenciamento, que disse que deveríamos tentar chegar em Orlando e que [eles] poderiam conseguir John Janick para vir nos ver tocar. Nós não estávamos contando com isso.

Janick: Eu me encontrei com Hayley, e nós estávamos sentados almoçando e fiquei impressionado. Ela tinha 14 anos, mas sabia exatamente o que ela queria. Ela estava em todas essas outras bandas que estavam na cena em que eu estava musicalmente. No dia seguinte, eu vi esse set acústico tocar, e ele só fechou o negócio.

Williams: Ele disse: “Eu realmente acho que vocês têm algo, e nós queremos colocar lançar o seu primeiro álbum.” É quando fomos para Orlando e gravamos [All We Know Is Falling, lançado em 2005]. Que parece ter sido há 10 anos atrás.

Janick: Eles fizeram um ótimo álbum, mas ainda estavam se encontrando. Nós demos a oportunidade deles se encontrarem, ao invés de apenas entregá-los ao rádio à espera de que ele obteria ótimos resultados, que eles mesmos construiram, colocando esse grande show ao vivo e deu a volta por dois anos fazendo o seu show. E tudo isso veio junto quando Riot! saiu.

Veja a seguir os scans da revista:

Clique para aumentar as imagens.

Publicado em 6 de setembro de 2011, em Notícias e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: